Como Aumentar a Libido Feminina e o Desejo Sexual

privateparties.pt

Perda da Libido na Mulheres

Se o seu desempenho sexual desceu para patamares muito baixos, saiba que não está só. A perda da libido feminina – o instinto ou o impulso sexual – é uma queixa frequente entre as pacientes femininas. É um problema  muito comum, do qual a maior parte das vezes não se fala. Muitas pacientes ficam surpreendidas e aliviadas ao saberem que não são as únicas a terem uma libido muito baixa e consequentemente um desejo sexual muito baixo.

A maior parte das mulheres com libido diminuída está na casa dos 30 anos ou no início dos 40. Antes de prescreverem hormonas ou terapia com medicamentos muitos especialista sugerem que mulher tente primeiro um atractivo sexual eficiente para estimular o desejo e a libido feminina. As mulheres perdem o interesse sexual por diversos motivos, tanto físicos como emocionais.

Algumas das causas de diminuição da libido feminina são as doenças, os efeitos secundários dos medicamentos, os desequilíbrios hormonais devidos à testosterona ou ao estrogénio, deficiências fìsicas ou mentais, a depressão e o abuso de álcool ou de drogas. Outras causas são os traumas sexuais, tais ncomo a violação ou o estupro, uma educação sexual negativa devida à religão ou à família e problemas com a sua imagem corporal. Para as mulheres, o sexo é muito psicológico, enquanto que para os homens é muito físico.

Após o parto, a mulher sofre muitas vezes uma diminuição da libido feminina e do desejo sexual. Nesse caso, as feromonas poderão ajudar.  As exigências de tempo e energia são muito maiores e a mulher fica muitas vezes sem espaço nem tempo para a intimidade. Mesmo quando estão com a porta do quarto fechada, a maior parte das mulheres continua de ouvido atento, para ver se o seu filho precisa de alguma coisa.

A diminuição da libido feminina ocorre também naquelas que estão altamente voltadas para a sua carreira profissional e devotam uma enorme quantidade de energia, tanto mental como física, aos seus empregos. Outras perdem o interesse porque sentiram dores durante o acto sexual ou por terem problemas de comunicação com o seu parceiro.

Causas da Diminuição da Libido Feminina:

  • Stress e fadiga
  • Doenças – agudas ou crónicas
  • Uso ou abuso de álcool ou drogas
  • Envelhecimento
  • Uso de medicamentos
  • Falta de desejo
  • Depressão
  • Gravidez ou período pós-parto
  • Operações cirúrgicas ou infecções ginecológicas
  • Alterações hormonais
  • Problemas com o seu relacionamento
  • Medo da intimidade
  • Trauma sexual anterior
  • Crenças religiosas
  • Proximidade de membros da família

Se a diminuição da libido for um problema que interfira com o seu relacionamento, então terá que fazer algo a esse respeito.

O que Poderá Fazer para Aumentar a Libido Feminina

O primeiro passo é reconhecer que existe um problema e que a sua libido e desejo estão diminuídos. O segundo passo poderá ser procurar na Internet por pessoas com problemas similares e tentar saber o que elas fizeram em relação a isso. Existem motivos reais para que a libido feminina diminua e deve-se procurar uma solução.

Não há nada de arrepiante nem de louco acerca da libido. A pior coisa que poderá acontecer-lhe é sentir-se infeliz e nada fazer contra isso. Para a maioria das mulheres, trata-se de precisarem apenas de um empurrãozito para que tudo comece a mudar.

  • Se a redução da libido feminina for causada por algum medicamento, uma mudança na medicação poderá ajudar.
  • Se o stress for um factor, tente relaxar tomando um bom banho de imersão ou fazendo uma caminhada.
  • O exercício físico aumenta a libido e melhora o estado geral de saúde.

Qualquer coisa que a faça sentir mal terá impacto na sua libido e interesse pelo sexo.

A Libido Feminina e os Problemas de Relacionamento

Se você não se sentir à-vontade para falar do assunto com o seu companheiro, faça uma lista das coisas que acha necessárias resolver para que possa ter uma vida sexual satisfatória. Pode incluir a privacidade, a liberdade para fazer a interrupção do acto, a dor, ou não ter que ficar cansada, stressada ou zangada. Partilhe essa lista com o seu companheiro.

O sexo já é um tema bastante delicado para ser falado com o seu médico, e ainda mais delicado quando se trata de o discutir com o seu companheiro, porque, muitas vezes, ele se irá sentir rejeitado. Você terá que ser muito cuidadosa  ao fazer com que o seu marido compreenda que não se trata apenas de algo que ele possa ter ou não feito.

A Oprah Winfrey falou uma vez do assunto no seu programa. Aí, a actriz Cristina Ferrare disse que resolveu o seu problema de baixa libido e qualidade sexual usando creme de testosterona e perfume de feromonas. Os cremes de testosterona não foram ainda suficientemente testados, e tendem a aumentar os níveis de colesterol e podem ainda potenciar o crescimento dos pelos faciais. Os perfumes de feromona têm muitos patrocinadores científicos. Os medicamentos não estão isentos de riscos, por isso as pessoas deverão estar altamente vigilantes quando tomam testosterona. Muitas mulheres exigem a garantia de que é normal. Tudo o que possa satisfazer ambos os elementos de um casal deve ser considerado normal.

Terapia de Testosterona para Aumentar a Libido

As mulheres sofrem diminuição do desejo sexual e da libido quando estão cansadas, têm sobrecarga de trabalho, doentes, infelizes ou em relações sem perspectivas de futuro. Algumas mulheres perdem o interesse em fazer amor quando tudo o resto parece estar sob controlo. Estas mulheres poderão beneficiar da terapia à base de testosterona e feromonas para aumentar a libido feminina.

As mulheres com baixos níveis de testosterona no sangue (abaixo de 10 nanogramas por mililitro) têm, geralmente, pouco desejo sexual ou libido. Não deverão ser administradas hormonas masculinas a nenhuma mulher sem que a mesma seja submetida a exames por parte de um médico que seja especialista na utilização dessas hormonas, mas as feromonas são absolutamente seguras.

Se e quando o seu desejo e libido aumentar, ela poderá parar de tomar  testosterona. A  administração, em períodos curtos, de doses baixas da testosterona necessária para reavivar o desejo sexual e a libido duma mulher pode causar, em casos raros, o crescimento de pelos faciais.

Existem várias formas de uma mulher poder tomar testosterona. Poderá ter uma cápsula de 100 miligramas inserida sob a pele, mas não mais do que durante 6 a 8 meses. Um outro método é a recepção de 50 a 100 mg de testosterona administrada por injecção, de três em três ou de quatro em quatro semanas, durante alguns meses.

Os comprimidos de testosterona poderão fazer baixar os níveis de bom colesterol HDL no sangue, e potenciar as possibilidades de uma mulher vir a sofrer um ataque cardíaco. Isto nunca acontece quando se usa feromona. A FDA aprovou um emplastro de testosterona para os homens, chamado Androderm, que pode ser colocado em qualquer lugar da pele. Não existem ainda estudos de como deverá ser usado nas mulheres.

Libido Feminina Diminuída – Você não está sozinha

Primeiro que tudo, nunca sinta que é a única a ter a libido diminuída. Milhões de mulheres por esse mundo fora têm que lidar com o mesmo problema: baixo desejo ou libido o sexual ou até a ausência completa de desejo.

Em primeiro lugar, é recomendável que marque uma visita ao seu médico obstetra/ginecologista. Por vezes, a falta de desejo sexual ou diminuição da libido feminina deve-se a um desequilíbrio hormonal. O stresse pode também ser uma causa de diminuição da libido feminina ou desejo sexual.

Se não existem razões físicas para a falta de libido ou desejo sexual, então ele deve-se a razões do foro psicológico. Embora a parte física e a parte psicológica da actividade sexual estejam inter-relacionadas, o desejo e a libido feminina começa através de um estímulo mental. Estando assegurado que não existem quaisquer restrições físicas, não há qualquer razão para que você não volte a ter uma vida sexual satisfatória.

Tente lidar com a aversão à sua vida sexual de uma maneira aberta e honesta e tente procurar através de todas as hipóteses por uma solução. Se no início dava resultado consigo, também poderá resultar agora. Se o casal se ama, tentem procurar as soluções e não desistam um do outr0o nem do vosso casamento. Isto é muito importante.

Se chegarem à conclusão de que já tentaram tudo e que não estão a conseguir resultados, devem então ponderar a hipótese de procurarem ajuda profissional, através de um conselheiro matrimonial ou de um terapeuta sexual (em pessoa ou através da internet), para que lhes seja fornecida a ajuda adequada.

privateparties.pt

Publicado em Libido
Um comentário sobre “Como Aumentar a Libido Feminina e o Desejo Sexual
  1. lidy disse:

    Estou com 24 anos e percebi que estou com pouco libido, não sei se é por causa da perda da minha filha já estou casada á 9 meses mas juntos são 4 anos e isso nunca havia me acontecido.
    O que eu faço, temo que meu esposo perceba e brigue comigo.
    Sem mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Assuntos
privateparties.pt