O que as mulheres gostam e odeiam no sexo anal

privateparties.pt

Sexo Anal

O sexo anal é daquelas coisas que ou ela gosta, ou odeia. Existem poucas que são indiferentes. A maioria das mulheres já experimentou, e muitas delas nunca mais tenta de novo, apesar da vontade de ser uma das “sortudas” que ama sexo anal.

A razão para isto é clara: dor. Se não existir dor, existe provavelmente prazer. Assim, ou gostam de sexo anal ou odeiam. É verdade, contudo, que enquanto está a tentar “chegar ao ponto” é provável que exista alguma dor, a prática faz a perfeição e a capacidade de manobrar e tentar diferentes estilos que permitam prazer no sexo anal.

Decidimos contar-lhe o que as mulheres gostam e odeiam no sexo anal, para que possa estar suficientemente informado e preparado para agitar o mundo da sua parceira.

O fascínio do sexo anal

Para homens e mulheres, o sexo anal consiste numa sensação diferente, mais forte, sendo um bocadinho atrevido e fornecendo uma alternativa ao sexo normal. O sexo anal tem um quê de tabu, apesar de este estar a desaparecer. O estatuto de tabu no sexo anal confere-lhe um maior crédito junto dos aventureiros e dos tímidos, aumentando o seu fascínio.

Uma vez experimentado, contudo, o sexo anal pode facilmente perder o seu encanto para as mulheres (e para alguns homens). Aqui, discutimos algumas das razões para as mulheres gostarem ou odiarem sexo anal.

Porque é que ela adora sexo anal ?

Vamos começar pelos pontos positivos:

Sexo anal

Porque o sexo anal sabe bem: As mulheres adoram sexo anal porque pode ser absolutamente incrível. É uma sensação diferente de todas as outras, é mais profundo, não como no clítoris ou nem na vagina, mas parece estranhamente uma mistura dos dois noutra parte do corpo.

O recto, uma vez preparado, engole literalmente o pénis. A entrada das traseiras transforma-se num recreio sexual. Se o clítoris e/ou vagina forem estimulados enquanto está dentro dela, poderá levá-la a outra dimensão sexual. Os orgasmos anais são possíveis.

Porque o sexo anal é atrevido: As pessoas gostam de ser atrevidas de vez em quando, e o sexo anal é uma daquelas coisas que pode fazer de forma privada, e que nunca ninguém saberá excepto você e a sua parceira – o que se torna parte da diversão. É também frequentemente uma actividade feita pela primeira vez, o que pode ser bom – fazer algo que nunca fez.

Porque é que ela odeia sexo anal?

Agora os pontos negativos:

sexo anal

Porque o sexo anal dói: O sexo anal não é fácil quando nunca experimentou. Para um homem pode parecer bastante simples – entra, sai – mas não é assim tão simples. As mulheres odeiam sexo anal principalmente porque dói. Pode causar suores frios, arrepios, agonia extrema, e uma descarga química enorme na corrente sanguínea que causa dor.

Isto é extremamente desconfortável, mas pode ser forçado porque:

a) ela quer gostar;

b) ela quer que você goste.

Se não for cuidadoso, se não a aquecer de forma apropriada, se não for suficientemente devagar, irá provavelmente magoá-la. Isto minimiza as suas hipóteses de voltar a tentar sexo anal. Dê o seu melhor de cada vez e terá pelo menos mais uma hipótese.

Porque ela está preocupada com a sujidade: O sexo anal é obviamente um ponto forte de sujidade. A ideia de a penetrar no rabo e de sair algo embaraçoso é extremamente desmotivador para ela, ainda antes de ter acontecido, e é por esta razão que ela poderá estar a evitar o sexo anal.

As mulheres gastam tanto tempo a tentar estar bonitas e cheirosas que poder ter algo a arruinar o trabalho delas pode ser extremamente desmotivador. A preocupação com a sujidade pode ser aliviada com um duche anal antes da brincadeira anal. Tentem tomar duche juntos, e assegure-se que os intestinos dela estão vazios pelo menos uma hora antes de começarem.

Factos importantes acerca do sexo anal

O lubrificante é essencial:

O canal anal não produz o seu próprio lubrificante, por isso é imperativo que utilize um lubrificante de boa qualidade nas suas aventuras anais. É recomendável que utilize um lubrificante à base de silicone pois tendem a durar mais tempo e não secam tão rapidamente como os à base de água. Não utilize produtos à base de petróleo como a vaselina, pois põem entupir as paredes do recto e são bastante mais pegajosos.

Provoque-a:

É bastante importante que ela esteja excitada antes de se aproximar do local. Ela necessita de querer ser tocada no local. Assim, quando começar a acariciá-la perto do ânus, ela irá responder com gemidos e grunhidos em vez de ficar tensa. Massaje-lhe o corpo com óleos, relaxe-a, ame-a, adore-a, mime-a. Leve-a ao ponto em que ela lhe implore, e faça-o sem colocar nada dentro dela – provoque, provoque, provoque. A antecipação é uma das ferramentas sexuais que temos – utilize-a em sua vantagem.

Preservativos e higiene:

podem ser transmitidas doenças através do sexo não protegido, isto inclui sexo anal. A parede do recto é bastante fina e permeável. Contudo, utilizar preservativos pode ser bom para ambos, por outras razões. As mulheres podem não gostar de ter o rabo cheio de sémen, o que é justo. Depois do término do sexo anal, o sémen mistura-se com os outros conteúdos do recto. Utilizar um preservativo evita este problema. Os preservativos também protegem o pénis de qualquer matéria fecal, apesar de isto não ser geralmente um problema e de, ocorrendo, poder ser lavado.

Os homens podem querer utilizar o preservativo para durar mais um pouco – o preservativo retira um pouco da sensibilidade do pénis, e permite relações sexuais mais longas.

O que não fazer:

Nunca ponha o pénis no corpo de uma mulher sem o consentimento dela. Não trate o corpo dela como um aparelho de auto-satisfação. Ela não é um objecto onde você pode ejacular, e se ela é suficientemente generosa para partilhar o rabo consigo, trate-a com respeito e esteja feliz por ela o permitir dentro do seu corpo. Não ejacule dentro dela se ela lhe pedir para não o fazer. Não lhe dê palmadas nem a force.

O que fazer:

Utilize sempre lubrificante. Use sempre o preservativo se lhe for pedido sem agir como uma criança. Faça sempre o que lhe é pedido – o sexo anal é uma situação delicada e ela tem de confiar em si.

Preconceitos de género e sexo anal:

Quando um casal heterossexual pensa em sexo anal, geralmente pensa em sexo anal homem-mulher. Para ter um completo entendimento do que isto é – e para aumentar o seu desempenho – é necessário e útil que abra a sua mente para a possibilidade de o sexo anal ser algo mais do que aquilo que efectua na sua amante, mas algo que podem fazer um ao outro. Assustado? Não esteja. Se é bom para a caça, é bom para o caçador.

O sexo anal necessita de prática para ser perfeito, e a experimentação é uma forma fantástica de aprofundar as vossas ligações e melhorar a vossa vida sexual e relação. Não é necessário envolver brinquedos sexuais. Pode utilizar os dedos, a língua, óleos, lubrificantes, e muitas outras coisas. Experimente, e deixe o seu corpo ser amado. Irá compensar.

O sexo anal é muito bom para muita gente. Faça-o de forma correcta, e poderá repetir. Faça-o de forma errada, e poderá estar condenado para sempre. Bem, provavelmente não para sempre, mas até ela esquecer o mau que foi na primeira vez.

Existem centenas de guias de sexo anal online – instruções explícitas sobre como fazê-lo de forma correcta. Se ler pelo menos uma dúzia deles, terá uma boa ideia sobre como começar.

O melhor conselho que podemos dar é que se assegure-se de que estão excitados antes de começar. Depois podem começar.

privateparties.pt

Publicado em Sexo Anal
Um comentário sobre “O que as mulheres gostam e odeiam no sexo anal
  1. cris luis cristo disse:

    quem,fas,sexo,previne-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Assuntos
privateparties.pt